presencial
Modelista
Modelista

Modelista

O curso Modelista forma um profissional capaz de projetar e modelar peças do vestuário masculino e feminino em tecido plano.

  • Carga horária: 210 h
  • Nível: Capacitação

Encontre em: 12 unidades

Selecione a Unidade:

Turma 2020.2

Início: 03/08/2020 - Término: 11/12/2020
Turno: Tarde - 2ª,4ª,6ª - 13:00/17:00

6x de R$278,83

*A reserva online de vagas está disponível somente para maiores de 18 anos.

Reserve sua vaga

Modelista

Sobre o curso

O curso Modelista forma um profissional que projeta e modela peças do vestuário masculino e feminino em tecido plano, de acordo com estrutura, caimento e sentido do fio dos tecidos, instruções especificadas na ficha técnica para elaboração de moldes, bem como ergonomia do corpo e vestibilidade da peça, visando à qualidade e ao conforto do produto final.

O Modelista atua como autônomo ou empregado na indústria da confecção ou ateliês de costura. Relaciona-se com clientes, fornecedores e profissionais de criação, corte e produção, contribuindo para o trabalho em equipe, a satisfação e a fidelização do cliente. Esse profissional faz a ligação entre os setores de criação e produção das peças do vestuário. A partir dos seus conhecimentos e da habilidade de interpretação dos modelos, desenvolve modelagens para peças do vestuário com estruturas que primam pela vestibilidade e beleza. Nos ateliês, produz peças sob medida para os consumidores.

Quer saber mais sobre o curso?

Cadastre-se para receber um contato do Senac

Metodologia

A metodologia utilizada privilegia a visão global de construção de uma peça, gerando autonomia para o profissional, em situações de aprendizagem que partem da realidade da profissão do Modelista.

Visitas técnicas, pesquisas e entrevistas com profissionais, para uma aproximação do mercado (seus desafios e possibilidades).

Participação em palestras, workshops, contato com especialistas da área, participação em eventos, desfiles, feiras de moda e etc. Pesquisa histórica e sobre a evolução das formas do vestuário, partindo de estudos relacionados às estruturas das modelagens do passado, análise de como estão sendo desenvolvidas no presente e reflexão de possibilidades de inovações futuras.

Atividades de pesquisa sobre medidas corporais relacionadas ao vestuário e a estudos sobre as medidas utilizadas por diferentes marcas – entendendo a diversidade de medidas no vestuário e as consequências dessa falta de padronização encontrada no mercado.

Estudo e aplicação de métodos de atendimento personalizado – características e a evolução desse tipo de serviço no mercado visando a atração de clientes.

Programa
  • Realizar a tomada de medidas do corpo humano, de acordo com linhas de referência, normas técnicas e tabelas de medidas.
  • Construir os moldes-base, a partir da interpretação da tabela de medidas.
  • Preencher a ficha técnica a partir da definição do modelo.
  • Elaborar a modelagem de acordo com modelos e fichas técnicas.
  • Calcular custos e preço da modelagem de acordo com a ficha técnica.
  • Adicionar as marcações nos moldes, de acordo com as posições de pences, pregas, bitolas de bainha e detalhes para a costura.
  • Registrar a nomenclatura nos moldes, conforme dados da tabela de medidas, da ficha técnica e do modelo.
  • Selecionar os materiais necessários ao corte e à montagem das peças considerando a estrutura do tecido e os processos de montagem.
  • Mensurar, riscar e cortar o tecido de acordo com a modelagem e o sentido do fio.
  • Avaliar o caimento da peça de acordo com o modelo.
  • Adequar e aprovar as peças femininas de acordo com a tabela de medidas e o modelo.
  • Adequar e aprovar as peças masculinas de acordo com a tabela de medidas e o modelo.
  • Transferir as marcações nas modelagens de acordo com os métodos de montagem e o modelo da peça.
  • Ampliar e reduzir moldes femininos e masculinos de acordo com os modelos e a tabela de medidas.
  • Identificar os pontos necessários para a gradação de acordo com a tabela de medidas.
  • Planejar e criar um ateliê de atendimento personalizado.
  • Criar fórmulas de atração de clientes por meio de propostas inclusivas, criativas e exclusivas, preços acessíveis, coquetéis e mimos.
  • Vivenciar a experiência empreendedora, ampliando a visão sobre o perfil profissional da ocupação.
  • Montar plano de ação, conforme desafio identificado no tema gerador.
  • Apresentar resultados ou soluções de acordo com as problemáticas do tema gerador e objetivos do PI.
Mercado de Trabalho

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e da Confecção (Abit), o Brasil possui a maior cadeia produtiva integrada do Ocidente, produzindo das fibras às confecções. Emprega aproximadamente 1,7 milhão de pessoas, o que representa, respectivamente, 13,15% dos postos de trabalho e cerca de 5,7% do valor total da produção industrial de transformação.
Segundo a empresa especializada em pesquisas para o setor têxtil, Gherzi, em 2020, o mercado global de têxteis e confecções deve atingir US$ 1,7 trilhão contra US$ 1,5 trilhão, em 2014. A projeção mostra aumento do consumo per capita de fibras têxteis e de roupas, especialmente nos países emergentes. As empresas do setor têxtil e de confecção no Brasil estão distribuídas em toda a sua extensão, em algumas regiões mais concentradas e identificadas como polos têxteis. O crescimento da população, bem como a clara relação com o crescimento do PIB aumentou o consumo de fibras têxteis em 13%, desde a década de 1970. Em sintonia com o crescimento da indústria está o varejo de moda no Brasil, que deve crescer de 1% a 2% ao ano, nos próximos anos.
As perspectivas de desenvolvimento e crescimento do setor diante de um cenário econômico e político incerto, que ora recua, ora avança, reforça a importância de prepararmos o setor produtivo nacional com qualidade, para favorecer seu crescimento, além de suprir uma defasagem deste profissional no mercado de trabalho.

Pré-requisitos

– Idade mínima: 16 anos
– Escolaridade: Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano) completo

– Documento de identidade (cópia simples)
– CPF (cópia simples)
– Comprovante de escolaridade (cópia simples) ou autodeclaração informando que sabe ler, escrever, e fazer as 4 operações matemáticas.

Cursos relacionados

Ver todos os cursos

Últimas notícias

Ver todas as notícias

Fique por dentro das novidades do Senac RJ. Acompanhe nossas notícias para saber mais sobre mercado de trabalho, sua área de interesse ou eventos.

Ver todas