Editora Senac Rio tem obra finalista ao Prêmio Jabuti pelo segundo ano consecutivo

Cozinha de inovação: pesquisa e inovação na cozinha do Senac RJ concorre na categoria Economia Criativa, a mesma em que Ecochefs: parceiros do agricultor foi premiado em 2020.

Gastronomia
Editora Senac Rio tem obra finalista ao Prêmio Jabuti pelo segundo ano consecutivo 2

Foram divulgadas as obras selecionadas na primeira fase do 63º Prêmio Jabuti, o mais tradicional prêmio literário do Brasil. Pelo segundo ano consecutivo, uma publicação da Editora Senac Rio, Cozinha de inovação: pesquisa e inovação na cozinha do Senac RJ, de Gisela Abrantes, Juliana Jucá e Osvaldo Gorski, figura entre os dez finalistas da categoria Economia Criativa, a mesma em que Ecochefs: parceiros do agricultor foi premiado em 2020.

No dia 16 de novembro será divulgada uma nova lista, com cinco finalistas, e em 25 de novembro serão conhecidos os vencedores de cada categoria. Desde 1958, o Prêmio Jabuti celebra autores, editores, ilustradores e gráficos do país. São distribuídas premiações em vinte categorias, divididas atualmente entre quatro eixos: Literatura, Não Ficção, Produção Editorial e Inovação.

Sobre o livro

A obra é resultado de uma pesquisa estruturada para aprimorar o conhecimento e as técnicas usadas na arte gastronômica e apresentar o desenvolvimento da gastronomia nos últimos anos. Com isso, tanto os profissionais em formação quanto o mercado existente se beneficiarão da contribuição gerada pela ciência e pela inovação. O projeto, no entanto, extrapola a transmissão de conhecimento. Ele estimula a criatividade do leitor na preparação de novas receitas, com a utilização de hidrocoloides, pancs (plantas alimentícias não convencionais), produtos fermentados, entre outros ingredientes incomuns ou pouco utilizados na cozinha.

A ideia é prolongar a vida útil do alimento, valorizar ingredientes locais, além de educar o paladar e trabalhar com elementos inéditos. As experiências relatadas no livro foram elaboradas com o uso de novos equipamentos e produtos, e demandaram grande esforço em testes, assim como ampla liberdade de pensamentos que apoiassem a criatividade.

Você também poderá gostar

Destaques

NINGUÉM FAZ O QUE A GENTE FAZ

Fomos criados e somos mantidos pelos empresários do Comércio de Bens, Serviços e Turismo para levar bem-estar social e educação profissional que transformam as pessoas e suas histórias. Um trabalho que há mais de 70 anos tem impacto como nenhum outro, por sua diversidade e alcance no Estado do Rio de Janeiro. Mais do que sobre números, falamos de resultados. Mas se você quiser conhecer os números, a gente também orgulho de mostrar. Aperte o play e saiba mais.