Senac RJ promove bate-papo com criadores do premiado jogo Sword Legacy

Atividade gratuita acontece dia 27 de março em Botafogo.

Eventos
Senac RJ promove bate-papo com criadores do premiado Sword Legacy
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

O premiado jogo brasileiro lançado em 2018, Sword Legacy, será tema do bate-papo promovido pelo Senac RJ, dia 27 de março, em Botafogo, com os criadores Arthur Protasio, Bruno Lanzarotti e Igor Pessoa. O evento gratuito, voltado para profissionais, estudantes e entusiastas do universo Gamer/Geek também terá um laboratório para que o público possa experimentar o game. As inscrições serão realizadas por formulário on-line e podem ser feitas neste link. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (21) 2536-3900.

Durante o bate-papo serão abordados idealização, processo de criação, desenvolvimento e curiosidades do game que coleciona prêmios como Best of the Show, no Indie X (Lisboa), Melhor Narrativa, no SB Games (Brasil), segundo Melhor do Quo Vadis 2017 (Alemanha) e Melhor Jogo, no Rio Indie Games (Brasil).

Programação:
18h30 às 19h45 – bate-papo com os criadores Arthur Protasio, Bruno Lanzarotti e Igor Pessoa
17h às 18h30 / 20h às 21h – lab test Sword Legacy

Sobre os criadores
Arthur Protasio é roteirista e criador de narrativas, fundador e Chief Storytelling Officer da Fableware Narrative Design, possui portfólio em diversas linguagens, com programas da TVGlobo: Geração Brasil e Lazinho com Você, além das experiências de Realidade Virtual, Angeste e O RastroVR. Também criou games Cavaleiros do Zodíaco: Cosmo Cards e Sword Legacy: Omen.

Bruno Lanzarotti é designer e produtor de jogos da Firecast Studio. Seus 10 anos de experiência abrange desenvolvimento de projetos web e aplicativos de jogos digitais. Apaixonado pela criação de novos universos e jogos de estratégia, atuou como produtor do Sword Legacy: Omen.

Igor Pessoa é artista de ilustração 2D, responsável pela arte do Sword Legacy: Omen. Com formação tradicional pela Escola de Belas Artes da UFRJ, se dedica à pintura digital.

 

Você também poderá gostar