Monitoria

A Faculdade Senac RJ, como estratégia institucional para a melhoria do processo aprendizagemensino  oferece em seus cursos de graduação o Programa de Monitoria voluntária. O escopo desse Programa consiste em envolver os discentes nas práticas pedagógicas realizadas nos ambientes de aprendizagem, além de ampliar as ações de inclusão e de retenção dos estudantes. Para isso, os monitores são selecionados a partir do seu desempenho acadêmico e atuam nos ambientes de aprendizagem sob a orientação dos docentes responsáveis pelas Unidades Curriculares envolvidas no projeto.

A prática colaborativa, além de permitir a melhoria do processo ensino-aprendizagem, contribui para a diminuição dos índices de reprovação e atuar diretamente na permanência dos nossos alunos. As diretrizes gerais do Programa elaboradas por um Grupo de Trabalho norteiam as experiências do Programa que busca reforçar a capacitação profissional dos estudantes e exercitar as competências previstas nas unidades curriculares dos cursos em questão. Tal projeto justifica-se ainda pela necessidade de uma disponibilidade de tempo maior por parte dos docentes para atender e orientar os estudantes com mais dificuldades. Nesse sentido, acredita-se que as ações de monitoria potencializam as intervenções pedagógicas necessárias para garantir a construção das competências previstas na unidade curricular.

Seguindo o conceito de “zona de desenvolvimento proximal” defendido pelo psicólogo russo Lev Semenovich Vygotsky, entendemos que a aprendizagem é uma experiência social mediada pela interação. Assim, a aprendizagem ocorre por meio da interação social. Para Vygotsky, a zona de desenvolvimento proximal (ZDP), representa a distância existente entre aquilo que o sujeito já sabe, seu conhecimento real, e aquilo que o sujeito possui potencialidade para aprender, seu conhecimento potencial. A atuação dos monitores voluntários acontece essencialmente para potencializar a interação e atuar na ZDP, na qual o conhecimento real é aquele que o sujeito é capaz de aplicar sozinho e o potencial é aquele que ele necessita do auxílio de outros para aplicar. Desta forma, os monitores voluntários contribuem com o desenvolvimento das competências previstas nas Unidades Curriculares à medida em que interagem com os colegas de turma, participando da mediação das aprendizagem junto à ação do professor, utilizando estratégias que permitam os estudantes a tornarem-se independentes e estimulando o conhecimento potencial, de modo a criar uma nova ZDP a todo momento.

As Unidades Curriculares nas quais terão as atividades de monitoria sendo desenvolvidas serão definidas pela coordenação do curso de graduação tecnológica.

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE MONITORIA

 

Histórico

A Faculdade Senac RJ, como estratégia institucional para a melhoria do processo aprendizagemensino, iniciou no semestre letivo 2016.2, em caráter experimental, a realização de um projeto piloto de Monitoria voluntária nos cursos da área de Tecnologia da Informação (TI) – Curso Superior de Tecnologia em Redes de Computadores e Curso Superior de Tecnologia em Análise de Desenvolvimento de Sistemas.

No semestre de 2017.1, o Programa foi ampliado envolvendo o Curso de Design Gráfico. Nos dois períodos os monitores foram selecionados a partir do desempenho acadêmico e atuarão nos ambientes de aprendizagem sob a orientação dos docentes responsáveis pelas Unidades Curriculares envolvidas no projeto. Ao final do semestre letivo 2017.1, foram traçadas estratégias de ampliação para outros Cursos de Graduação Tecnológica, de modo que a Monitoria já está funcionando em todos os cursos de graduação desde 2017.2.

Calendário Acadêmico

Ver calendario completo